A sua conta
Autores Clássicos | Box com 3 livros
Autores Clássicos | Box com 3 livros
Autores Clássicos | Box com 3 livros

Autores Clássicos | Box com 3 livros

O homem que Deus usa | Humildade | Cântico dos Cânticos

(Autor) , (Autor) , (Autor) , (Autor) , (Autor)
 
0.0 (0 voto(s))

35.91€


Preço:
39.90€
Poupa:
3.99€ (10%)

Único exemplar disponível.

  Adicionar ao carrinho

Apresenta uma coletânea de tesouros espirituais escritos por diferentes servos de Deus, mas com uma impressionante unidade.

Ensinos que aplainam o único solo fértil no qual a graça de Deus pode produzir fruto abundante e um convite para viver em união e comunhão profunda com Deus.

O Homem que Deus usa

Preocupados com a nova geração dos que desejam servir ao Senhor e em encorajar os que já pegaram no arado, O homem que Deus usa visa descortinar os bastidores do treinamento daqueles que tiveram ministérios ungidos e frutíferos. Esta obra é um tesouro espiritual fornecido por renomados escritores cristãos.

14x21cm

180 páginas

--

Humildade

O orgulho é a raiz de todo pecado e mal, logo a verdade é esta: o orgulho tem de morrer em você, ou nada dos Céus poderá viver em você. Entre os muitos livros de Andrew Murray, Humildade — A beleza da santidade é reconhecido mundialmente como um dos clássicos mais profundos e espirituais da literatura cristã.

14x21cm

112 páginas

--

Cântico dos Cânticos

Um convite para viver em união e comunhão profunda com Deus é um dos legados permanentes de Hudson Taylor à Igreja. Sob o poder de uma evidente unção do Espírito Santo, Taylor foi capacitado a abrir, em linguagem simples, profundas verdades quanto à união pessoal do cristão com

Cristo, que, de maneira simbólica e imagética, são o tema da poesia de Cântico dos cânticos de Salomão.

14x21cm

112 páginas

ISBN: 9786553500914
Produtor: Pão Diário Publicações
Código de produto: 9786553500914
Código de barras: 9786553500914
Dimensões: 160 x 235 x 25 mm
Peso: 0.900kg
Número de páginas: 404
Língua: Português

Comentários e resenhas

Comente este produto

Precisa estar logado para adicionar comentário ao produto.

Aiden W. Tozer
Aiden W. Tozer(Autor)

A. W. Tozer (1897-1963) pastoreou igrejas da Aliança Cristã e Missionária por mais de 30 anos. Apesar de não ter freqüentado seminário, seu amplo conhecimento bíblico, o forte impacto de sua pregação e a prolífica criação literária (escreveu mais de 40 livros) renderam-lhe a concessão de dois doutorados honorários. Tozer é reputado entre os maiores pregadores de todos os tempos.


Andrew Murray(Autor)
Andrew Murray nasceu na África do Sul, em 9 de maio de 1828, e morreu em 1917. Seu pai era pastor vinculado à Igreja Presbiteriana da Escócia, que, por sua vez, mantinha estreita relação com a Igreja Reformada da Holanda, o que foi importante para impressionar Murray com o fervoroso espírito cristão holandês. Andrew experimentou o novo nascimento aos 16 anos, na Holanda. Após isso, dedicou muito tempo, muitas madrugadas, a orar por um avivamento em seu país e a ler sobre experiências desse tipo ocorridas em outros países. Foi para a Inglaterra com 10 anos e quando retornou para a África do Sul como pastor e evangelista, levou consigo um reavivamento que abalou o país. Seu ministério enfatizava especialmente a necessidade de os cristãos habitarem em Cristo. Isso foi despertado especialmente quando, ao voltar para a África, deparou-se com a grande extensão geográfica em que deveria ministrar. Aí começou a sentir necessidade de uma vida cristã mais profunda. Murray aprendeu suas mais preciosas lições espirituais por meio da Escola do Sofrimento, principalmente após uma séria enfermidade. Sua filha testificou que, após essa doença, seu pai manifestava “constante ternura, serena benevolência e pensamento altruísta”. Essa foi uma expressão de sua fé simples em Cristo e a Ele rendida. Seu ministério, pela influência recebida do pai, foi caracterizado por profunda e ardente espiritualidade e por ação social. Em 1877, viajou pela primeira vez aos Estados Unidos e participou de muitas conferências de santidade nos EUA e na Europa. Sua teologia era conservadora, e se opunha francamente ao liberalismo. Em seus livros, enfatizou a consagração integral e absoluta a Deus, a oração e a santidade. Durante os últimos 28 anos de sua vida, foi considerado o pai do Movimento Keswick da África do Sul. Muito dos aspectos místicos de sua obra deve-se à influência de William Law. Murray, assim como Law, Madame Guyon, Jessie

Charles Spurgeon
Charles Spurgeon(Autor)

Charles Haddon Spurgeon, comumente referido como C. H. Spurgeon (19 de junho de 1834 — 31 de janeiro de 1892), foi um pregador Batista Reformado, nascido em Kelvedon, Essex na Inglaterra.


Hudson Taylor
Hudson Taylor(Autor)

Hudson Taylor (1832-1905) é considerado o pai das missões no interior da China. Nascido e criado em uma família cristã na Inglaterra, já aos 5 anos disse ao pai: “Quando eu crescer serei um missionário na China”. Entre os muitos trabalhos evangelísticos que empreendeu em prol do povo chinês, está a revisão do Novo Testamento nessa língua e vários artigos sobre as missões na China.

A sociedade que ele iniciou foi responsável pelo envio de mais de 800 missionários a esse país onde fundaram 125 escolas. Esse ministério resultou na conversão de 18 mil pessoas a Cristo, e no estabelecimento de mais de 300 estações de trabalho com mais de 500 colaboradores locais em várias províncias chinesas.


Watchman Nee
Watchman Nee(Autor)

Nee To-sheng ou Watchman Nee, o grande líder cristão chinês, nasceu numa província do Sul da China. Em sua juventude, provou ser um indivíduo dotado de grande inteligência e um futuro promissor.

Ele foi consistentemente o melhor aluno da Faculdade Trinity, adquirindo excelente histórico acadêmico. Nee, naturalmente, tinha grandes sonhos e planos para uma carreira cheia de realizações. Em 1920, aos 17 anos de idade, conheceu o evangelho e depois de algumas lutas internas aceitou Jesus como seu Salvador e Senhor; ao tomar essa decisão deixou a carreira universitária. Desde então, seu ministério passou a ser conhecido como um dos mais espirituais e significativos do século 20. Seu nome anterior era Nee Shu-tsu. Após sua conversão mudou seu nome para Nee To-sheng, devido a um costume local, segundo o qual, se algum fato mudasse a vida de uma pessoa, ela mudaria de nome. No caso de Nee, foi sua conversão ao cristianismo.

Já no início de sua vida cristã começou a escrever. Seu ministério de aproximadamente 30 anos foi uma bênção de Deus para a Igreja chinesa, e seus livros ainda serão por muito tempo um manancial de espiritualidade e inspiração para cristãos em todo mundo, em todas as épocas. Sua obra teve um profundo impacto sobre a divulgação do evangelho e o estabelecimento de centenas de igrejas locais através da Ásia.


Clientes que compraram este título também compraram: